Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

África do Sul – Parte I

Aviso: há um post gigante pela frente.

África do Sul. Há uns quatro anos para mim era sinónimo de Shakira e vuvuzelas.

Pouco tempo depois, tudo mudou. E ainda bem. África do Sul é tão mais que isso (claro).

Apesar de não ter visto tanto quanto desejava, foi o suficiente para saber que quero lá voltar. Mesmo depois de quase ter sido atacada por búfalos. All cool, amigos como antes.

001_SouthAfrica 002_SouthAfrica

003_SouthAfrica

004_SouthAfrica

Fui para lá com poucas palavras de Afrikaans como bagagem. Sabia como mandar as pessoas “voar com os porcos”, o que significa que sabia dizer pelo menos voar e porcos. Como é óbvio, isso não me ajudaria a fazer conversa com ninguém. Pelo contrário.

005_SouthAfrica 006_SouthAfrica 007_SouthAfrica 008_SouthAfricaHoje em dia já sei dizer “Fixe” ou “Bom”, “Se faz favor”, “Obrigada” e “Inseto”, o que quer dizer que já consigo dizer às pessoas para “irem voar com os porcos, se faz favor” e, quando o fizerem, sei dizer “fixe, obrigada”.

009_SouthAfrica 010_SouthAfrica 011_SouthAfrica 012_SouthAfrica

Mas voltando à África do Sul, aquilo lá é mesmo bonito, caraças. Há espaço e espaço e espaço, e as paisagens… É como quando olhamos para o mar. Sabemos que há algo do outro lado mas, no imediato, é como se acabasse ali o mundo.

Fora isto, a oportunidade que temos de ver todos aqueles animais ali ao nosso lado, é assustador e excitante ao mesmo tempo. Deixa de o ser quando temos um elefante em frente ao nosso carro a raspar uma das patas da frente, como se estivesse pronto para atacar. Aí passa apenas a ser assustador. Mas fascinante.

013_SouthAfrica 014_SouthAfrica 015_SouthAfrica 016_SouthAfrica 019_SouthAfrica

Tive a sorte e o prazer de visitar o país com quem sabe do que fala e o que vê. E isso por vezes faz toda a diferença. Diferente foi também passar o Natal em t-shirt e calções. Acho que isso faz com que já não precise de ir à Austrália.

020_SouthAfrica 021_SouthAfrica 022_SouthAfrica 023_SouthAfrica 024_SouthAfrica

Acho ainda que, acima de tudo o que vi, o que tornou esta viagem mais rica foi tudo aquilo que aprendi. E ensinou-me a respeitar mais os animais.

As imagens que aqui veem são maioritariamente do Kruger e da minha viagem até lá e a sair de lá (de carro). Foi no Kruger que aprendi que quando o respeito pelos animais não existe, poderá trazer algumas consequências… menos boas. Drásticas mesmo. Como aquela história que o nosso guia nos contou de que um colega dele, quando fazia a última visita guiada do dia, resolveu parar e sair do jipe para fumar e foi apanhado e arrastado para o fora da estrada por um leopardo e acabou por morrer. A grande lição aqui e a quem for visitar o Kruger é: respeitem o que dizem os guias, mesmo que os guias não respeitem aquilo que eles próprios dizem. Safety first.

025_SouthAfrica 027_SouthAfrica 029_SouthAfrica 030_SouthAfricaÉ quase impossível não nos sentirmos intrusos quando passeamos por lá, como se não devessemos estar lá. E ao mesmo tempo, sentirmo-nos como se fossemos parte de uma coisa maior. É o chamado “abr’ólhos”.

031_SouthAfrica 032_SouthAfrica 033_SouthAfrica

034_SouthAfrica

035_SouthAfricaDepois desta epifania, voltemos ao concreto. Infelizmente só estive no Kruger durante uma manhã e não vi sequer metade. É um sítio gigantesco e lindo, onde espero voltar para passar lá a noite.

Consegui ver 4 dos “big five” – leões, elefantes, búfalos (estes talvez um pouco perto demais) e rinocerontes. Faltou-me o leopardo que é o ninja da coisa. Atenção crianças, isto não é de todo como ir ao Zoo. Aqui os elefantes não tocam o sino quando se lhes dá dinheiro, primeiro porque não há sinos, segundo porque não são os animais mais amigáveis quando estão de trombas (veem o que fiz aqui?). Comprovei que os leões são como gatos grandes, mas um bocado maiores e ligeiramente mais violentos, e fazem aquilo que todos os gatos fazem que é, isso mesmo, dormir.

043_SouthAfrica

036_SouthAfrica 037_SouthAfrica 038_SouthAfrica 039_SouthAfrica

Os búfalos quando vistos de longe até têm um ar um bocado aborrecido mas amigáveis e parece que têm um penteado fantástico, capaz de fazer inveja à Manuela Ferreira Leite. A diferença é que aquilo são, bom, cornos.

040_SouthAfrica 041_SouthAfrica 042_SouthAfrica 044_SouthAfrica045_SouthAfrica

046_SouthAfrica 047_SouthAfrica

Fiquei cerca de 3 semanas na África do Sul, esta viagem até ao Kruger e à saída do Kruger deu-se em 2 dias muito intensos que quase pareceram uma semana. Um deles foi quase inteiramente composto por uma viagem do lodge onde estavamos para chegarmos a um Kruger acabado de fechar… Depois acordar perto das 5 da manhã para ir à visita guiada ao Kruger ao amanhecer, sair do Kruger à hora de almoço, passar por God’s Window e outras zonas que mostrarei no próximo post…

048_SouthAfrica 049_SouthAfrica 050_SouthAfrica 051_SouthAfrica … Para terminar aqui, em Pilgrim’s Rest, numa cidade que parecia saída do faroeste e perdida no tempo.

Ao editar estas fotos deu-me uma saudade terrível e uma grande vontade de lá voltar. Espero que tal aconteça depressa.

062_SouthAfrica

No Comments Yet.

What do you think?

Your email address will not be published. Required fields are marked *